Mostrando postagens com marcador Praça Rui Barbosa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Praça Rui Barbosa. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

GETÚLIO E JUSCELINO

A Exposição do zebu sempre foi a grande festa popular de Uberaba. A cidade se enfeitava em todos os cantos, na primeira dezena de maio, no embalo dos grandes acontecimentos que a santa terrinha era palco. Gente de todas as partes do Brasil, fazendeiros latino americanos, aportavam em Uberaba para conhecer os avanços da nossa pecuária. De algum tempo, ate recentemente, elitizaram a festa. O povão ficou alijado de participar da festa da cidade.

  Presidente Getúlio Vargas, Governador Juscelino Kubitscheck e autoridades na sacada da Prefeitura Municipal de Uberaba. Praça Rui Barbosa. Foto: Arquivo Publico de Uberaba. 

Agora, voltaram a abrir os portões do parque “Fernando Costa”. Ainda bem. A Exposição, sempre extrapolou o desejo dos pecuaristas. A festa sempre foi da cidade. Nada porque negar. Embora o 3 de maio deixasse de a muito, ser a data inaugural da mostra zebuína. Uberaba, era uma cidade alegre. Dia e noite. No parque e fora dele. Hoje, impera a tecnologia das raças. A genética ocupa uma primeira plana. A qualidade do rebanho , melhora a cada ano. A vinda dos políticos de renome nacional, não mais acontece. Presidentes e governadores, assíduos em velhos tempos, estão recolhidos... Raramente um ou outro, dá o “ar da graça”...

Os “ti-ti-tis” e as “fofocas”políticas, fugiram do noticiário nacional. Os grandes e pomposos bailes do “Presidente” e do “Governador”, dormem no baú da saudade. Jockey Clube e Uberaba Tênis, disputavam com sadia rivalidade , esses eventos sociais e recebiam o “grand monde” da sociedade local e visitantes ilustres,hoje, recolhidos apenas nas suas gloriosas histórias. O chique das madames e mocinhas, os “summers” e “black-tyes” dos homens, faziam inveja aos tradicionais bailes do Copacabana Palace, do Rio de Janeiro, tamanha a pompa.

Getúlio Vargas, era presença certa. Hóspede do casal Adalberto Rodrigues da Cunha, presidente da então S.R.T.M., mandou construir no seu palacete da Leopoldino de Oliveira, uma sacada, no andar superior, para que Getúlio Vargas, pudesse saudar os milhares de uberabenses e visitantes que queriam vê-lo e receber dele, pelo menos, um aceno de mãos.

Juscelino, o imortal J.K. não faltava. Na agenda presidencial, dias 3 e 4 de maio, apenas Uberaba ! Seu anfitrião, Marico Rodrigues da Cunha, recepcionava o seu convidado no aristocrático palacete da Olegário Maciel, hoje, um belo hotel. Bom dançarino, “pé de valsa” juramentado, mal a orquestra começava a tocar, formava-se a fila das mocinhas da terra, terem a honra da contradança com o Presidente.Ele atendia a todas...

As revistas “ O Cruzeiro”, “Manchete” e “Fatos e Fotos”, em edições seguintes, enalteciam a festa da Exposição de Uberaba. O comércio, faturava alto. A rua São Miguel, feéricamente iluminada, era o paraíso dos ricos fazendeiros solteiros e os “ sem as esposas”... As putas bonitas vinham de São Paulo, Rio, Goiânia , Campo Grande e Cuiabá, para “fazer a vida” na terrinha. Uberaba, respirava progresso. Maio , antecedia Dezembro para gáudio dos comerciantes.. Ninguém reclamava nada. O sucesso estava consolidado.

Lembro-me, inicio dos anos 50, os “coronéis do PSD, véio de guerra”, dominavam a cidade. Aproveitaram a estada de J.K., companheiro e líder maior do partido, pediram-lhe verba para reforma do “cadeião” da praça do Mercado. Juscelino, fitou-os, firme serenamente e acenou, negativamente, com a cabeça. –“Não vou dar a minha Uberaba, remodelação de cadeia nenhuma !”. A turma do PSD.ficou estática. Pasmados e incrédulos, com a negativa. Juscelino, com um largo sorriso, levantou os braços e num gesto característico de político vencedor, em voz alta, falou:- “Em vez de dar a Uberaba uma cadeia, darei a essa cidade que muito gosto, uma Faculdade de Medicina !”. Foi ali, naquele momento que a cidade ganhou uma Faculdade e fechou uma cadeia !”.

(Luiz Gonzaga de Oliveira)






Cidade de Uberaba

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Largo da Matriz e Jardim Público (atual Praça Rui Barbosa) da cidade de Uberaba, por volta de 1890.

Dos imóveis retratados, o sobradão do canto direito da foto é o único que permanece preservado. Conhecido como "Casarão Tobias Rosa", esse sobrado sediou as oficinas do jornal Gazeta de Uberaba e, anos mais tarde, as reuniões da Sociedade do Herd Book Zebu, embrião da atual ABCZ.

 Largo da Matriz e Jardim Público (atual Praça Rui Barbosa) da cidade de Uberaba, por volta de 1890. Acervo do Arquivo Público Mineiro. Restauração: André Borges Lopes.



Instagram: instagram.com/uberaba_em_fotos

Cidade de Uberaba

sábado, 8 de junho de 2019

Vista aérea da Praça Rui Barbosa em Uberaba

Praça Rui Barbosa com Catedral ao fundo em 1967. Acervo: Arquivo Público de Uberaba - Foto: autoria desconhecida.
"É o mais antigo logradouro público de Uberaba, pois, foi na sua parte inferior que se começou a edificação do primeiro prédio que Uberaba teve. Dele partem as seguintes ruas, a saber, canto inferior direito, a Coronel Manuel Borges; centro, a Artur Machado. Esquerda, a Vigário Silva, lado sul, ao meio, a rua de Santo Antônio. Canto superior direito, a rua Olegário Maciel e superior esquerdo, a rua Tristão de Castro; lado norte, no meio, a rua São Sebastião. É inteiramente calçada a paralelepípedos e com luxuoso jardim à frente da Catedral do Bispado. Nos alinhamentos em diferentes lugares ficam o Paço Municipal, hoje Prefeitura, o Teatro São Luís e custosos prédios particulares. Primitivamente chamava-se ‘Largo’, mais tarde ‘Largo da Matriz Nova’, ‘Largo da Matriz’, praça ‘Afonso Pena’ (1894-1916) e finalmente praça Rui Barbosa." (PONTES, 1970, p.287).


Fanpage: https://www.facebook.com/UberabaemFotos/

Instagram: instagram.com/uberaba_em_fotos


Cidade de Uberaba.


sábado, 18 de fevereiro de 2017

Praça Rui Barbosa

Praça Rui Barbosa -  Foto:1970 

Foto:Autoria desconhecida    
                                                                                                                                                                    

"É o mais antigo logradouro público de Uberaba, pois, foi na sua parte inferior que se começou a edificação do primeiro prédio que Uberaba teve. Dele partem as seguintes ruas, a saber, canto inferior direito, a Coronel Manuel Borges; centro, a Artur Machado. Esquerda, a Vigário Silva, lado sul, ao meio, a rua de Santo Antônio. Canto superior direito, a rua Olegário Maciel e superior esquerdo, a rua Tristão de Castro; lado norte, no meio, a rua São Sebastião. É inteiramente calçada a paralelepípedos e com luxuoso jardim à frente da Catedral do Bispado. Nos alinhamentos em diferentes lugares ficam o Paço Municipal, hoje Prefeitura, o Teatro São Luís e custosos prédios particulares. Primitivamente chamava-se ‘Largo’, mais tarde ‘Largo da Matriz Nova’, ‘Largo da Matriz’, praça ‘Afonso Pena’ (1894-1916) e finalmente praça Rui Barbosa." (PONTES, 1970, p.287).

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

PRAÇA RUI BARBOSA - UBERABA

Praça Rui Barbosa

Década: 1970/80

Praça Rui Barbosa


Fotógrafo: desconhecido


Arquivo Público de Uberaba 


Cidade de Uberaba

CASA DO CORONEL GERALDINO RODRIGUES DA CUNHA

Casa do Coronel Geraldino Rodrigues da Cunha

Década de 1980

Casa do Coronel Geraldino Rodrigues da Cunha. Situava-se na praça Rui Barbosa, no terreno onde hoje funciona o Elvira Shopping.Uberaba - Minas Gerais.

Cidade de Uberaba

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

PRAÇA RUI BARBOSA

Praça Rui Barbosa


Década de 1940


Praça Rui Barbosa


Foto: Autoria desconhecida


Arquivo Público de Uberaba


Cidade de Uberaba

PRAÇA RUI BARBOSA – CASARÕES E PALACETES

Praça Rui Barbosa – Casarões estilo arquitetônico do século passado


Década de 1930


Praça Rui Barbosa – Casarões estilo arquitetônico do século passado




(Acervo pessoal de Demilton Dib)


Cidade de Uberaba

PRAÇA RUI BARBOSA “JARDIM PÚBLICO”

Praça Rui Barbosa “Jardim Público”


Década de 1910




Praça Rui Barbosa “Jardim Público”



Foto: Autoria desconhecida



Arquivo Público de Uberaba

DESFILE DE AUTOMÓVEIS – PRAÇA RUI BARBOSA

Automóveis das décadas de 1930/40, na Praça Rui Barbosa


Décadas de 1930/40


Automóveis das décadas de 1930/40, na Praça Rui Barbosa


Foto: Marcellino Guimarães

Arquivo Público de Uberaba


Cidade de Uberaba

PRAÇA RUI BARBOSA – CARTÃO POSTAL

 Praça Rui Barbosa - Cartão postal 


Esta imagem é de um cartão postal da década de 1930. Este cartão foi enviado para a França em 1937, de acordo com o carimbo do selo da época.


Foto: Marcellino Guimarães

Arquivo Público de Uberaba


Cidade de Uberaba

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

DESFILE NA PRAÇA RUI BARBOSA

DESFILE NA PRAÇA RUI BARBOSA

Década de 1930

Em trajes de gala, a banda do 4º BPM desce pela Praça Rui Barbosa e encanta as crianças de Uberaba. O casarão ao fundo foi demolido por volta de 1935 para dar lugar ao prédio do Jockey Clube. Mais acima, vemos as marquises do Cine Theatro São Luiz, reformado e reinaugurado em 1931.

Acervo pessoal de Olga Alexandre


Cidade de Uberaba

REFORMA DA PRAÇA RUI BARBOSA

Reforma da Praça Rui Barbosa





Ano: 1956



Reforma da Praça Rui Barbosa para a comemoração do Centenário de Uberaba.



Fotógrafo: J.Schroden




Arquivo Público de Uberaba.

PRAÇA RUI BARBOSA – CARROS DE PRAÇA

Praça Rui Barbosa - Foto: Autoria desconhecida.

Década: 1950

O Simca começou a ser fabricado no Brasil em 1959 e teve o auge das suas vendas entre 1962 e 1965



Cidade de Uberaba

JOCKEY CLUB DE UBERABA

Jockey Club de Uberaba


Década: 1930


Praça Rui Barbosa


Arquivo Público de Uberaba


Cidade de Uberaba

PRAÇA RUI BARBOSA

Praça Rui Barbosa - Cartão postal com uma foto da década 1950/60





Praça Rui Barbosa




Editor da foto: Marcellino Guimarães



Acervo pessoal de Diva Barbosa Jorge

PRAÇA RUI BARBOSA

Esta imagem é um cartão postal com uma foto da década 1950/60



Esta imagem é um cartão postal com uma foto da década 1950/60



Editor da foto: Marcellino Guimarães


Acervo pessoal de Diva Barbosa Jorge