Mostrando postagens com marcador REGINA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador REGINA. Mostrar todas as postagens

sábado, 25 de julho de 2020

Guia turístico

Revisitando arquivos, encontrei o Guia Turístico Uberaba 72 (ano do sesquicentenário de uma cidade consolidada, que já contava com a Cemig e Codau), editado pela Secretaria de Promoção e Turismo. O guia traz fotos de Chico Xavier e lugares como Uirapuru, Country Clube, praça Rui Barbosa, Igrejas Catedral, Santa Rita, São Domingos, e edifícios do centro, inclusive o majestoso Grande Hotel. E cita folclore e artesanato locais, Concha Acústica, Exposição de Gado Zebu, Distrito Industrial, TV Uberaba, Hospital Hélio Angotti e os clubes Sírio, Uberaba Tênis, AABB e Associação Esportiva e Cultural.

Com 45.000 estudantes e 150.000 habitantes, esta cidade universitária contava com Academia de Letras do Triângulo Mineiro, Conservatório, Instituto Musical, faculdades de Filosofia e Letras, Direito, Engenharia, Odontologia, Ciências Econômicas, Medicina, Enfermagem. O guia traz fotos da Universidade do Triângulo Mineiro, Biblioteca Municipal, Colégio Estadual de Uberaba (Castelo Branco).

E cita artistas: Fantato, Ovídio Fernandes, Elizabeth Van Winkel, Anita Válio, Mirtes Bruno, Uraci Sabino, Zolinha, Inês Marzola, Maria Helena Cruz, Irmã Maria Angélica, Helena Gultzgoff, Yuri Pucci. Destacavam-se os jornais diários Lavoura e Comércio (70 anos) e Correio Católico, depois, Jornal da Manhã, com sede própria e novo maquinário.

Bons hotéis recebiam visitantes: Grande Hotel, Palace, Regina, Mauad, Brasil, Hotel do Comércio. Restaurantes ofereciam comida sofisticada ou a típica mineira: Galo de Ouro, Polenta, Avenida, Três Coroas, Churrascaria Itararé, Restaurante Jóquei Clube, Pinguim, Zote, Kazão. O estádio Uberabão, ainda um projeto, abrigaria 50.000 espectadores.

Nos primórdios do Triângulo Mineiro, foi fundado o Arraial do Desemboque. Major Eustáquio (comandante dos Sertões da Farinha Podre) formou um povoado às margens do córrego das Lajes, confluência com Rio Uberaba. Em 1836, o arraial tornou-se Vila de Santo Antônio de Uberaba; mais tarde, cidade.

Hoje exímios escritores uberabenses, sites e Guia Sei trazem a história, pontos turísticos, curiosidades e serviços oferecidos pela cidade – informações úteis para uberabenses, turistas e estudiosos do assunto. Investir em serviços, inclusive revigorando o turismo, é promover o crescimento da cidade.

03/11/2015

Mário Salvador



=================================


Fanpage: https://www.facebook.com/UberabaemFotos/

Instagram: instagram.com/uberaba_em_fotos


Cidade de Uberaba

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

REGINA HOTEL - UBERABA

Regina Hotel -  Década: 1960



Regina Hotel


Rua: Coronel Manoel Borges

Foto: Autoria desconhecida


Fonte: Arquivo Público de Uberaba