Mostrando postagens com marcador Giselda Campos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Giselda Campos. Mostrar todas as postagens

sábado, 31 de dezembro de 2016

COMUNICAÇÃO - UBERABA


Na imprescindível e difícil arte da COMUNICAÇÃO, as mulheres tem se sobressaído no cenário da mídia em Uberaba.

Nos jornais, revistas, rádio, internet e TV, destacam-se colunistas, articulistas, bloguistas, repórteres, apresentadoras e editorialistas.
Elas são formadoras de opinião. Elas comandam. Destas mulheres maravilhosas, á guisa de exemplos, vêm à memória os nomes de algumas com as quais tenho um relacionamento de amizade como Lídia Prata, Larissa, Nanda Guaritá, Cristina Vasques, Ellen Gomes, Olésia Borges, Giselda Campos, Rose Dutra, Evacira Coraspe, Alcinéia Cabral, Indiara Ferreira, Arahilda Gomes, Terezinha Hueb, Sandra Abud, Ilcéia Borba, Fabiana Silbor, Fátima Gomes e Luciana Vitali.
Até recentemente este poderoso grupo era reforçado com os nomes de Virginia Abdala, Lisete Resende e Vera Dias. E o que não dizer da pioneira do rádio Lidia Varanda que deixou sua marca e muitas saudades? E o que falar das franco-atiradoras que lutam através da internet em defesa de posição de interesses classistas como a Iraídes Madeira?
Sei que existem outras heroínas cujos nomes foram omitidas mais pela ausência de memória do que pelo seu valor.
Vez ou outra alguma Entidade pública ou privada, reconhece o trabalho desempenhado pelos expoentes de nossa comunicação.
É a oportunidade que se tem de conhecer um pouco do trabalho diuturno de algumas destas guerreiras da comunicação em Uberaba.
A todas elas, nossa nossas homenagens.




Postado em 25-10-3013



‎Gilberto Rezende‎